TABELA DE COMPATIBILIDADE QUÍMICA COM PVC

Quais produtos são compatíveis e oferecem resistência química com PVC?

A resistência química do PVC – Policloreto de Vinila – a produtos comuns está indicada na tabela abaixo.

 

Produto químicoResistente
Ácido acético 25-50%R23
Álcool – ButilR
Álcool – IsopropílicoR
Alúmen (sulfato de alumínio)R
Cloreto de Alumínio, AquosoR
Sulfato de potássio de alumínioR
Bissulfeto de AmônioR
Hidróxido de Amônio 10%R
Nitrato de amônioR
Persulfato de AmônioR
Fosfato de AmônioR
Sulfato de amôniaR
Carbonato de BárioR
Cloreto de BárioR
Sulfato de BárioR
Sulfeto de BárioR
CervejaR
BenzenoN
Ácido benzóicoR
Álcool benzílicoN
Ácido butírico 0-50%R23
Cianeto de CádmioR
Bissulfeto de CálcioN
Carbonato de cálcioR
Clorato de CálcioR
Cloreto de cálcioR
Hidróxido de cálcioR
Hipoclorito de CálcioR
Nitrato de cálcioR
Sulfato de CalcioR
Dióxido de carbonoR
Monóxido de carbonoR
Ácido carbónicoR
Cloro – 0-20 ppmR23
Cloro, líquidoN
Água CloradaR
Ácido Cloroacético 0-50%R
Ácido CítricoR
Óleo de côcoR
CaféR
Gás de coqueriaR
Cloreto de CobreR
Cianeto de CobreR
Fluoreto de CobreR
Nitrato de CobreR
Sulfato de cobreR
Óleo de milhoR
Xarope de milhoR
Óleo de semente de algodãoR
Óleo cruR
CiclohexanoN
Combustível dieselR
DioctiloftalatoN
DipropilenoglicolR
EtilenoglicolR
Ácidos graxosR
Cloreto férricoR
Nitrato férricoR
Sulfato FérricoR
Cloreto FerrosoR
Nitrato FerrosoR
Sulfato FerrosoR
Óleo de peixeR
Ácido FluobóricoR
Ácido Fluorsilícico 30%R
FormaldeídoR
Ácido fórmicoR23
Combustível JP-4,5R
Gás, NaturalR
GasolinaR
GasoholR
Gasolina, AzedoR
Glicol, ÁcidoR
GlicoseR
GlicerinaR
GlicolR
Ácido glicólicoR
HeptanoR
n-hexanoR23
Óleo hidráulico (petróleo)R23
Ácido bromídrico 20%R
Ácido cianídricoR
Acido hidrosulfuricoR23
HidrogênioR
Cianeto de hidrogenioR
Fluoreto de hidrogénioN
Peróxido de Hidrogênio 50%R
Sulfeto de Hidrogênio Seco, MolhadoR
Ácido HipoclorosoR
Iodo I 2N
QueroseneR
Ácido lático 25%R
Acetato de chumboR
Carbonato de MagnésioR
Cloreto de magnésioR
Nitrato de MagnésioR
Sulfato de magnésioR
Ácido málicoR
Cloreto de MercúrioR
Nitrato MercurosoR
MetanoR
MetanolR
LeiteR
Óleo mineralR
Óleo de motorR
NaftaR
NaftalenoR
Cloreto de NíquelR
Nitrato de NíquelR
Sulfato de NíquelR
NicotinaR
Ácido nítricoR
Nitro benzenoN
Nitro GlicerinaN
Ácido oleicoR
AzeiteR
Ácido oxálico 50%R
Ácido fosfóricoR
Ácido Pícrico, AlcoólicoN
Sulfato de potássio e alumínioR
bicarbonato de potássioR
Carbonato de potássioR
Cloreto de PotássioR
Ferrocianeto de potássioR
Nitrato de potássioR
Permanganato de potássio 10%R
Persulfato de potássioR
Sulfato de PotássioR
PiridinaN
Nitrato de prataR
SabonetesR
acetato de sódioR
Benzoato de SódioR
Bissulfato de SódioR
Bissulfito de SódioR
Brometo de SódioR
Carbonato de SódioR
Clorato de SódioR
Cloreto de SódioR
Clorito de sódioN
Cianeto de sódioR
Dicromato de SódioR
Fosfato de sódioR
Ferricianeto de SódioR
Hidróxido de SódioR
Hipoclorito de sódioR23
Metafosfato de sódioR
Nitrato de SódioR
Silicato de SódioR
Sulfato de sódioR
Sulfeto de SódioR
Sulfito de SódioR
Tiossulfato de sódioR
Cloreto EstanicoR
Cloreto EstanosoR
Ácido esteáricoR
Açúcar, SacaroseR
Ácido SulfâmicoN
Ácido sulfúrico 0-80%R
Ácido Sulfúrico 90%R23
Ácido sulfúrico > 93%N
Ácido SulfurosoR
Petróleo AltoR
Ácido tânicoR
Ácido tartáricoR
Tolueno (Toluol)N
Óleo de TransformadorR
Ácido Tricloroacético 50%R
Fosfato trissódicoR
UreiaR
Óleos vegetaisR
VinagreR
Água – DeionizadaR
Água – DesmineralizadaR
Água – DestiladaR
Água – FrescaR
Água – SalR
Água – MarR
Licor Branco – Moinho de CeluloseR
VinhoR
Xileno (xilol)N
Cloreto de ZincoR
Nitrato de ZincoR
Sulfato de ZincoR

 

CUIDADO: Variações no comportamento químico durante o manuseio devido a fatores como temperatura, pressão e concentrações podem causar falhas no equipamento, mesmo que ele tenha passado no teste inicial.

OBSERVAÇÕES: AS INFORMAÇÕES NESTA TABELA FORAM FORNECIDAS POR FONTES RESPEITÁVEIS E DEVEM SER USADAS SOMENTE COMO UM GUIA NA SELEÇÃO DE EQUIPAMENTOS PARA COMPATIBILIDADE QUÍMICA. SEMPRE TESTE SEU EQUIPAMENTO SOB AS CONDIÇÕES ESPECÍFICAS DE SUA APLICAÇÃO ANTES DA INSTALAÇÃO PERMANENTE.
AS CLASSIFICAÇÕES DO COMPORTAMENTO QUÍMICO LISTADAS NESTA TABELA SE APLICAM A UM PERÍODO DE EXPOSIÇÃO DE 48 HORAS. NÃO TEMOS CONHECIMENTO DOS POSSÍVEIS EFEITOS ALÉM DESSE PERÍODO. NÃO GARANTIMOS (NEM EXPRESSOS, NEM IMPLÍCITOS) QUE AS INFORMAÇÕES NESTA TABELA SEJAM PRECISAS OU COMPLETAS OU QUE QUALQUER MATERIAL SEJA ADEQUADO PARA QUALQUER FINALIDADE.

Clique aqui e conheça mais sobre as peças de reposição para bombas de duplo diafragma pneumática.